Partilhar Lisboa

Dezembro 21 2006
No outro dia apanhei o "22", e estava logo à entrada um motorista da carris que costuma fazer a carreira "40" - que eu usava diariamente (4 vezes) quando trabalhava no Cais Sodré - que olhou para mim e disse: "Olha a menina, como está? Já não a via há muito tempo, anda perdida para estes lados? Pensei que nos tinha trocado defenitivamente pelo metro!"
 
Ainda dizem que Lisboa é uma cidade impessoal ...
 
Partilhado por AnaD às 13:43

Lisboa sao varias aldeias numa grande cidade, as pessoas da mesma rua ou do mesmo bairro acabam por ter o mesmo sentimento que têm os aldeoes.... de pertecerem ao mesmo grupo, de terem algo em comum!

Quando nao conhecia grandes cidades pensava que nas aldeias as pessoas falavam umas das outras so porque nao tinham nada pra fazer e acabei por verificar que nas cidades acabam por fazer o mesmo a preposito da vizinha da frente, da vizinha da rua ou mesmo do bairro...

Simplesmente nas grandes cidades as pessoas sao tantas que somos obrigados a ignorar quem mora a 3 ruas de distancias senao passariam o tempo a dizer bom dia... algo que se verifica nas pequenas aldeias, mas no fundo humanos somos todos apenas nas cidades nao podemos ficar a todos os que cruzamos na rua
nuno a 21 de Dezembro de 2006 às 14:51

Se não se importam por favor mudem alguns vizinhos para 3 ruas acima ... assim nem preciso de lhes dar os bons dias ....
AnaD a 22 de Dezembro de 2006 às 13:11

Tipo o vizinho dos grelhados ou a porteira ou o que te bloqueia o elevador ou..... ainda ficavas sem vizinhos!
Nuno a 22 de Dezembro de 2006 às 20:11

e isso de ficar sem vizinhos seria mau???
AnaD a 22 de Dezembro de 2006 às 23:06

e ias descarregar esse mau feitio em quem??? va la conta la aqui ao nino???
nuno a 22 de Dezembro de 2006 às 23:39

Isso é uma das vantagens de ser mulher. Fosse eu a aparecer no autocarro que o tipo logo rangeria entre dentes olha pensei que este filho da puta já andasse por outras paragens.
asdrubaltudobem a 21 de Dezembro de 2006 às 15:39

Há motoristas que são uns castiços ... há um sr que no inverno, como eue estava na estação terminal, ele deixava-me esperar dentro do autocarro enquanto ia a qq lado fazer tempo para o inicio da carreira, e dizia-me sempre, vá lá entre lá que sempre não apanha tanto frio, mas veja lá não me leve o autocarro" ou outras vezes antes de sair porta fora espreitava e dizia "tome bem conta dele" ...

... por outro lado existem muitos burgessos ...
AnaD a 22 de Dezembro de 2006 às 13:14

burge... queim????
nuno a 22 de Dezembro de 2006 às 23:41

Já alguém dizia e por sinal, com alguma razão que: Portugal é uma vila e Lisboa é uma rua... Aí está a prova enunciada dessa realidade!!!!!!!!
Me Hate a 21 de Dezembro de 2006 às 16:53

Ai que bonito ... então vivo numa "rua" LINDAAAAAA!!!!
AnaD a 22 de Dezembro de 2006 às 13:15

hmmmm....
como é que ias vestida????
;)
Xá-das-5 a 22 de Dezembro de 2006 às 01:26

LOL ... como o meu saco cama ....
AnaD a 22 de Dezembro de 2006 às 13:16

Mto giro, sem dúvida. São essas pequenas histórias que aquecem a alma.
Impressionante mesmo era se se passasse o mesmo comigo. Durante o liceu usei tb o 22 na Gago Coutinho, só que isso foi há + de 30 (credo 30 !) anos. Tou para ver entrar num amarelinho, que eram laranjinhas e antes tinham sido verdes e o motorista apontar-me a bengala e trémulo balbuciar: 'Olá puto, por aqui de novo ?!'. Isso sim era notícia ;-)
Cágado1 a 22 de Dezembro de 2006 às 09:40

eu ainda me lembro dos laranjinhas de dois andares ... ai que saudades me desteagora! De ser miuda e percorrer lisboa aos sabados de manhão nos electricos e nos autocarros de dois andares...
AnaD a 22 de Dezembro de 2006 às 13:17

Putos!
Eu ainda andei nos verdes de 2 andares, com motor à frente!!!!!!!!!
Isso sim, eram autocarros!

E quem se lembra do famoso dois andares com portas automáticos na frente e centro? LOL.

Adorava ir no 1º andar do 21 na Av Liberdade e bater contra todos os galhos das árvores. Mais uma coisa de infância.

Xá-das-5 a 23 de Dezembro de 2006 às 18:53

Sabe bem não sabe?? recordar esses momentos de infancia ... o natal está a deixar-nos nostálgicos.

AnaD a 23 de Dezembro de 2006 às 23:07

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar
 
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS