Partilhar Lisboa

Novembro 30 2006
 
Adoro faróis, sempre gostei da imagem que eles transmitem, a luz que indica o caminho.
 
Partilhado por AnaD às 00:02

Fixe tamos numa de faróis.....

Dos faróis que conheço os que mais gosto são:

Cabo S.Vicente e Cabo da Roca, que vista espectacular.

p.s= "três para o mar e três para terra", eram estes os sinais dos farois...
Concha a 30 de Novembro de 2006 às 00:20

Um farol que visitei e adorei mas que infelizmente não tenho fotografia é o o farol de Sagres. Recomendo vivamente.
AnaD a 30 de Novembro de 2006 às 00:48

Este interesse faloreiro não terá encapuçada uma explicação fálica?
Xá-das-5 a 30 de Novembro de 2006 às 10:20

Quem sabe ... quem sabe ... mas também não vou pagar uma fortuna a um psicologo para descobrir
AnaD a 30 de Novembro de 2006 às 12:46

Há um outro farol que recomendo vivamente que fica no Penedo da Saudade, em São Pedro de Moel...
Juxpot a 30 de Novembro de 2006 às 23:28

Hummmm, boa sugestão ... quando for pra esses lados não em psso esqueçer e o fotografar
AnaD a 30 de Novembro de 2006 às 23:30

já vi uns maduros darem entrada no julio de matos por bem menos.
asdrubaltudobem a 30 de Novembro de 2006 às 14:32

Faróis são das coisas mais maravilhosas à superfície da terra - provavelmente hoje em dia são tb das mais inúteis, mas não se pode ter td.
Sempre me fascinou a vida de um faroleiro. Imagino o que seria viver perdido num farol-ilha, antes das comunicações modernas. O isolamento, o sentimento de utilidade, mas tb as questões: o que se passaria no resto do mundo ? será que ainda estaria lá alguém além de mim, faroleiro perdido. Fabuloso, avassalador.
Cresci a olhar para o Bugio, isolado na embocadura do Tejo, em zona turbolenta. Nos dias de tempestade, mas de boa visibilidade, procurava olhá-lo, alheando-me de td em redor, vendo apenas a ilhota e sentindo-me lá no maio, a enfrentar sozinho a tormenta.
Curiosamente o mau avô naufragou junto ao Bugio, sem consequências, qdo era imediato de um navio salva vidas que procurava salvar outra embarcação. Quem sabe se o fascínio vem daí.
Fabuloso tb é o desenho animado com o Pato Donald faroleiro e um pelicano que insiste em aí instalar o seu ninho. Um clássico.
Vivam os faróis !!!
Cágado1 a 3 de Dezembro de 2006 às 17:19

Eu tenho alma de faroleira, o isolamento não me agride. Gosto de estar só ... mas ultimamente tenho sentido muita vontade de estar com pessoas, deve ser do natal...

Mas já que falas no bugio, vou partilhar uma pequena estória, imagina um pai e uma filha pequena a passarem ao largo do bugio ... diz o pai "Ali no meio da água, aquela ilhota, tás a ver? É o bugio" ... "Sim pai vejo, ai ali é que é o bugio" e a conversa continua até que alguns minutos mais tarde a encantadora criança pergunta ao pai ... "Ó pai é ali no bugio que as pessoas vão bujiar???"
AnaD a 3 de Dezembro de 2006 às 21:52

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





pesquisar
 
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS