Partilhar Lisboa

Novembro 12 2006
O meu destino disse-me a chorar:
"Pela estrada da vida vai andando,
E, aos que vires passar, interrogando
Acerca do Amor, que hás-de encontrar."
 
Fui pela estrada a rir e a cantar,
As contas do meu sonho desfiando...
E noite e dia, à chuva e ao luar,
Fui sempre caminhando e perguntando...
 
Mesmo a um velho eu perguntei: "Velhinho,
viste o Amor acaso em teu caminho?"
E o velho estremeceu... olhou... e riu..
 
Agora pela estrada, já cansados,
Voltam todos para trás desanimados...
E eu paro a murmurar: "Ninguém o viu!"
 
Florbela Espanca
 
Não sou grande conhecedora ou até apreciadora de poesia, mas o livro de sonetos de Florbela Espanca é um dos livros que gosto de abrir de vez em quando.
Partilhado por AnaD às 00:02

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





pesquisar
 
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS