Partilhar Lisboa

Janeiro 02 2008
2007 terminou menos bem, ando cansada, esgotada, os dias parecem-me curtos para tudo o que preciso fazer.
 
Assusta-me muito a perspectiva de me transformar numa daquelas pessoas que apenas sobrevivem, passam o dia trabalhar, chegam a casa para se alimentarem e dormirem, e no dia seguinte recomeçam tudo de novo, e a quebra da rotina dá-se ao fim de semana quando para além de dormir e comer vagueiam nos supermercados ou vegetam em frente da TV.
 
Eu quero mais! Eu quero viver … quero ir ao cinema, ao teatro, ver espectáculos e exposições, quer ler os meus livros, ver os meus filmes, fazer os meus puzzles, jantar com os amigos, brincar com as pimpolhas e rir, rir muito. Que se lixe a casa, a roupa por engomar e o jantar por fazer ou o sofá a chamar.
 
Eu não era assim, tinha tempo para tudo e todos e este ano não sei o que me deu, deixar de conseguir fazer isso. Tenho a nítida sensação que faço tudo mais devagar, que consumo mais tempo, estou mais preguiçosa. Sinto que basta organizar-me melhor e tudo volta a ser como era… mas falta-me a motivação.
 
Faltam-me uma faísca, espero que 2008 me reserve essa faísca, quer seja uma casa nova, um emprego novo ou um amor novo … ou então quem sabe e porque é ano bissexto este não seja um ano especial e traga-me três faíscas.
Venha 2008
Partilhado por AnaD às 00:02

Janeiro 01 2008

O meu reveillon foi fantástico, em casa de uns amigos muito queridos de quem eu gosto mesmo muito, a Isabel já mora no meu coração há muito tempo e o Sérgio, embora recentemente, foi totalmente adoptado.

Um ambiente descontraído, conversas soltas, boa sangria, petisquinhos saborosos e a meia noite chegou num piscar de olhos e com ela um novo ano.

Faltaram as passas, mas para compensar tivemos musica ao vivo, e que musica - quem tem talento, tem talento e pronto, e quando às vezes oiço quem canta por gosto apenas com a sua viola e com a alma, fico a pensar porque raio é que dão crédito às Britneys deste mundo - mesmo sem eu  ter que pedido tivemos direito à "menina das tranças pretas", obrigada Ju.

A noite acabou já perto das 5 da manhã, e sem sobressaltos voltámos a casa, e não fora Dezembro o mês das noites longas, teria estreado a minha roupinha de cama nova já com o raios de luz a entrar pela janela.

Tive pena de não ter ido almoçar com as minhas null , mas eu não preciso de dias especiais para estar com a Beatriz e a Matilde, porque com elas todos os dias são especiais.

Partilhado por AnaD às 20:00
Tags:

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13

21



pesquisar
 
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS