Partilhar Lisboa

Outubro 22 2007

Acabou mais campeonato do mundo de Formula 1!

Kimi Raikkonen foi o piloto campeão do mundo!

Scuderia Ferrari foi a equipa campeã do mundo!

Foi um campeonato emocionante, decidido na última prova, com um desfecho que apenas alguns acreditavam ser possível.

No entanto este não foi um campeonato perfeito, demasiadas lutas fora de pista, um caso de espionagem com contornos no mínimo hollywoodescos, e um lavar de roupa suja demasiadas vezes em publico.

Todos sabem por quem torço e não faço disso segredo, e até admito que nem sempre sou justa, mas tentando ser o mais imparcial possível, não acho que hajam propriamente inocentes em todo este campeonato, mas talvez aquele que passou mais ao lado das polémicas, devido à sua personalidade algo “fria” e “distante” foi o Kimi Raikkonen, e esse foi mais um motivo para ficar transbordante de alegria com a vitória do Finlandês. Por essas razões acho que Raikkonen era o candidato mais merecedor, mas essa é apenas a minha opinião, não a pretendo impor aos outros.

E se tivesse ganho Fernando Alonso? Não serei hipócrita ao ponto de dizer que ficaria feliz. Mas seria injusto? Obviamente que não, Alonso é um piloto talentoso, de outra forma não teria derrotado por dois anos consecutivos Michael Schumacher. Alonso a meu ver foi vítima do seu feitio conflituoso numa equipa que mais parecia um prédio a implodir-se. Honestamente tal como não era para Kimi Raikkonen, a McLaren não é a equipa ideal de Fernando Alonso. Não faço futurologia nem dou palpites quanto à manutenção de Alonso na McLaren, mas pessoalmente gostaria que saísse.

E sobre o “puto maravilha” o que dizer? Teria sido justo ter um novato como campeão? Não vejo nenhuma heresia nesse facto, Lewis Hamilton, demonstrou talento e determinação, não se acobardou diante de um colega bicampeão do mundo, e isso tem de ser louvado, perdeu o campeonato devido à sua inexperiência, e isso faz parte da sua aprendizagem. Embora continue a achar que há ali uma peça que não está bem encaixada no puzzle mas que ainda não descobri qual é, a verdade é que Lewis Hamilton veio para ficar (infelizmente como dano colateral o seu pai também) e fundamentalmente veio para ganhar!

Agora, umas palavras sobre Ron Dennis. O meu lado mesquinho quer gritar “bem feita”, mas vou dizer apenas que quem semeia ventos colhe tempestades, e o pobre do Ron, este ano levou com um furacão, um ciclone, um tufão, um tornado e ainda um tsunami! Ron Dennis gosta de apregoar a sua sapiência a quem o quiser ouvir. E adopta muitas vezes uma postura de dono da verdade, como verdadeiro british, muito orgulhoso da sua integridade, foi um rude golpe ver-se envolvido num caso de espionagem e ter de lidar com dois pilotos que por vezes mais não pareciam que miúdos da primária.

Sobre o Jean Todt não vou dizer nada… porque a minha mãe não me permite!

Muito mais há a dizer sobre este campeonato, mas hoje a minha alegria não dá para mais!

Agora venha o campeonato de 2008!

Partilhado por AnaD às 00:02

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9



28
29
30


pesquisar
 
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS