Partilhar Lisboa

Novembro 04 2006
Anda por aí um canídeo muito preocupado com os resultados do inquérito publicado, no entanto tive apenas 8 participações, o que acho muito pouco, e apelo a todos os que não responderam que o façam.
 
Mas tendo em conta as respostas dadas já pude tirar algumas conclusões.
1 - A média de idades é de 35.5%, o comentador mais novo têm 25 anos e o mais velho 42.
2 - A distribuição geográfica mostra que os Lisboetas não estão comigo apenas 12.5% se encontra na cidade de Lisboa, 12.5% encontra-se no Algarve, outros 12.5% encontra-se na zona Oeste e 62.5% encontra-se nos arredores de Lisboa.
3 - É curioso também constatar que apenas 25% são do sexo feminino contrastando com os 75% do sexo masculino.
4 - Aqui as respostas foram bastante curiosas, 50% conheceu o blog no Fórum AS, 37.5% Não se lembra, e curiosamente 12.5% afirma que obriguei à visita!
5 – Os factores mais referidos que fazem os leitores a voltar foram o humor, o aspecto gráfico, as fotografias, os temas desenvolvidos, o modo de escrever … e o calendário!
6 – Mais uma pergunta com respostas curiosas, 62.5% acha que o blog está bem mas que pode melhorar … Os restantes 37.5% gostariam de ver mais fotos da Lassie e do Alonso :S e gostariam de ter um fundo colorido.
7 – Fantástico, consegui 100% de satisfação, isso quer dizer que poderei colocar mais fotos e eventualmente mais vídeos.
8 – Registei sugestões e dúvidas. Aqui seguem as respostas e acções:
     - Tinham curiosidade em saber o porquê das pedrinhas, podem encontrar a resposta aqui.
     - Sugeriram um “portfolio” com as minhas fotografias, posso dizer que está a ser tratado e que em breve será publicado, eventualmente poderá passar a ser uma rubrica semanal. Inclusive essa será uma área com novidades em breve.
     - Pediram mais posts sobre as pimpolhas e assim farei.
     - Alertaram-me para o facto do meu perfil estar incompleto, já está mais completo, depois de ter sido resolvido o problema do sapo.
     - Pediram-me o resultado do inquérito ... e aqui está.
     - O espaço para qualquer coisa nova que vai aparecer já está guardado tal como requisitado.
Lamentavelmente não posso cumprir todos os desejos dos meus leitores e este não será um blog com pássaros. E não vou aprender a tocar piano e a falar Francês.
 
O blog é meu e feito ao meu gosto, no entanto gosto de saber as opiniões de quem cá vem frequentemente e que aqui se sente bem, pois sem vocês o blog perde parte do sentido. A todos um grande obrigado.
 
Partilhado por AnaD às 19:30

Novembro 04 2006
O tema é polémico e como tal preferi emitir a minha opinião num novo post, em vez de responder comentário a comentário.
 
Sou contra o aborto, aliás julgo que não haja ninguém a favor do aborto, mas sou absolutamente a favor da despenalização do aborto. O simples facto de uma mulher pensar que talvez deva fazer um aborto já é traumático e penalizante o suficiente, não é necessário toda uma sociedade a criticar e a emitir juízos de valor, e acima de tudo penalizar.
 
A interrupção da gravidez não é efectivamente um método de planeamento familiar e faz parte da sociedade ajudar e informar as novas gerações das vantagens de um planeamento familiar cuidado.
 
A última palavra deverá ser sempre da mulher, mas respeito a opção de alguns médicos de não os efectuarem, tal como é uma opção de consciência para a mulher também o deve ser para os médicos.
 
A questão das 10 semanas está a levantar tanta polémica e não percebo o porquê, estamos a falar de legislação, é necessário definir um limite, quero acreditar que as 10 semanas não foram um número atirado ao ar mas sim a conclusão de vários estudos. Já ouvi diversas vezes e “então uma mulher que o faça às 10 semanas e 1 dia é criminosa” mas se o limite fosse as 14 semanas podia dizer-se o mesmo “então uma mulher que o faça às 14 semanas e 1 dia é criminosa”.
 
Haverá inúmeros factores que levarão uma mulher a tomar a decisão de não ter uma criança, mas essa decisão irá acompanha-la a vida inteira, e certamente pairará sempre sobre ela a dúvida – E se…
 
Acima de tudo é importante salientar que esta lei pretender dar a opção de escolha à mulher, e permitir que caso pretenda fazer um aborto o faça em condições de segurança. Ninguém está a tentar obrigar ninguém a fazer um aborto … se são absolutamente contra então não o façam, mas respeitem o direito a uma opinião e posição diferente.
 
Portanto no dia do referendo votarei sim, tal como da última vez.
Partilhado por AnaD às 15:43

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





pesquisar
 
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS