Partilhar Lisboa

Janeiro 10 2012

Esta é uma das minhas lutas, contra o mundo ... e contra mim! 

Eu imponho-me preconceitos sem saber bem porquê. Há alguns anos atrás embirrei que não gostava de biografias, vai-se a ver e basta ser bem escrita e sobre alguém interessante e são uma leitura onde mergulho sem medo. Depois o fantástico, eu lá era pessoa para gostar de vampiros e fadas ou guerreiros míticos de outros mundos, claro que não e hoje é talvez da literatura que mais me prende. Portanto seria de esperar que já soubesse que não devia desdenhar dos históricos, pois claro que sou uma pessoa urbana e contemporânea, mas já devia saber que emoções são algo que atrava mundos, sociedades e séculos. Até mesmo o romance nunca foi totalmente consensual na minha estante, vive num constante estado de maré, ora recua, ora alaga.

Mas a minha grande paixão literária é o policial, não há amor como o primeiro, e posso até estar algum tempo sem ler nada do género, mas tenho sempre de ter um ali pronto para ler se as saudades apertarem.

Partilhado por AnaD às 23:38
Tags:

Novembro 12 2010

Vou passar a reciclar algumas coisas que escrevo noutros locais, neste caso um texto que escrevi no Forum Nora Roberts

 

"Para mim um livro indeciso é um livro não ... há muito anos tomei a decisão, para tudo na minha vida, que se hesito é porque não quero, se for um livro importante mais tarde ou mais cedo virá parar-me à mãos. Com o aumento do IVA vou comprar mais em inglês e mais em promoções, mas se quero um livro compro independentemente do preço. É uma questão de prioridades.

Quanto ao apoiar as editoras, e salvo raras excepções como o caso da SdE, que deveria ser "case study" para as outras, o que raio fazem elas por nós??? Os grandes "colossos" editoriais portugueses são verdadeiramente autistas, vivem totalmente alheados da vida real, assumem a postura do isto é o que temos, querem, querem, não querem, azar, as vezes apetece-me gritar-lhes: NEWS FLASH ... GLOBALIZAÇÃO .... HELLOOOOOO... livros de bolso em português? A oferta é anedótica ... E-books? Praticamente inexistente... Ahhh e tal os livros portugueses são muito bonitos e de boa qualidade, sim é verdade, basta pegar na porra de um livro da contraponto (por exemplo), lindo, um papel macio totalmente opaco, excelente impressão, e se tiver mais de 200 paginas totalmente impraticável a leitura num autocarro. 

Só para ilustrar, tenho aqui 3 livrinho do mesmo tipo ... paperback 15x23cm ou seja o tradicional livro português ... e com mais ou menos o mesmo numero de páginas. (*)

Dark Hunter Companion da Sherrilyn Kenyon
Editora: Piatkus
Paginas:420
Preço: €13,99
Peso: quase 600g

As Serviçais da Kathryn Stockett
Editora: Saida de Emergência
Paginas: 463
Preço: € 18.85
Peso: quase 700g

Os Olhos amarelos dos Crocodilos da Katherine Panco
Editora: Esfera dos livros
Paginas: 492
Preço: € 19.01
Peso: mais de 800g

Pode ser apenas 200g de diferença entre o mais leve e o mais pesado, mas ao fim de 5 minutos a segurar o livro com apenas uma mão enquanto me seguro com a outra, o meu pulso grita que não são 200g .. são 2 kg.

Diversidade é o que falta ao meio editorial português, analisar as necessidades dos leitores e dar-lhe soluções. Lamento imenso mas enquanto as editoras não fizerem nada por mim, não me sinto minimamente obrigada a fazer o que quer que seja por eles. 

(*) e nem me apeteceu ir buscar o Rio das Flores, porque considero esse um caso de demência."


Setembro 15 2010

Que gostei muito do livrinho "O Anjo de Pedra". Ganhou um cantinho no meu coração.

Partilhado por AnaD às 00:44
Tags:

Julho 13 2010

E tenho a sensação que me estou a esquecer de algum :\

Partilhado por AnaD às 00:31

Agosto 28 2009

 

Título - A felicidade mora ao lado

Autor - Jill Mansell

Editora - Saída de Emergência

Sobre o Livro - Tudo começa com um cortador de relva vermelho novinho em folha. Quando Nancy vê o seu presente de Natal no relvado, compreende que a jóia que pensava ser para si deve estar no corpo de outra mulher. A sua melhor amiga, Carmen, não está surpresa (ela nunca gostou do Jonathan) e convence Nancy a deixar Edimburgo e a instalar-se no seu apartamento de luxo em Londres, grande demais para Carmen desde que o seu marido — uma estrela milionária do rock — morreu.

Pouco depois, Nancy conhece o delicioso Connor O’Shea — este vive mesmo ao seu lado — e a sua filha Mia, que tem grandes planos para o pai. Também Carmen, que sempre dissera não querer mais nenhum homem na sua vida, sente um arrepio quando está junto de Joe — um borracho que costuma fazer trabalho voluntário. Infelizmente Joe não é exactamente quem aparenta…

Nota Pessoal - Confesso comprei o livro por causa do cortador de relva vermelho, depois de o ter comprado achei que seria muito xaroposo, e acabei por o colocar na pilha de livros para ler, e foi aí que esteve nos últimos meses, até que me apeteceu um livro muito leve e divertido, lembrei-me do cortador de relva vermelho e comecei a lê-lo. E gostei bastante, é um livro despretensioso, e divertido, escrito de uma forma leve, mas curiosamente a Jill Mansell consegue uma coisa que aprecio bastante mas nem todos os autores o conseguem, surpreender-me! Por várias vezes quando tinha a certeza que as histórias iam tomar um determinado rumo, na realidade tomavam outro totalmente inesperado. O fim não foi muito ao meu gosto, especialmente o desfecho da história da Mia que achei despropositado. Personagens preferidas?? O Rennie e a Rose, claro!


Agosto 16 2009


Título - Escândalos Privados

Autor - Nora Roberts

Editora - Chá das Cinco / Saída de Emergência

Sobre o Livro - Desenrolando-se no glamoroso mundo da televisão, Escândalos Privados conta-nos a história de Deanna Reynolds, a apresentadora de um pequeno talk-show em ascensão. Bonita, sincera e muito profissional, Deanna decide então partir para Nova Iorque, determinada em tornar-se a melhor dentro do género. Mas isto fá-la atravessar-se no caminho da sua antiga mentora, Angela Perkins, a actual rainha da televisão e uma mulher perigosa de desafiar. Angela não hesita em roubar convidados, fazer chantagem e até atravessar os limites do bom jornalismo para combater a crescente popularidade de Deanna. E o romance desta com o famoso e encantador repórter Finn Riley, por quem Angela sempre teve uma paixão, só aumenta a tensão. Mas a prova de que as coisas podem sempre piorar é o aparecimento de um fã obcecado, que deseja Deanna só para si, e que começa a matar todos aqueles que se aproximam dela…

Nota Pessoal - Não foi o livro que mais gostei da Nora Roberts, talvez porque o universo retractado, o da televisão, especialmente os talk-shows americanos, não me é muito apelativo. Quanto ao mistério a meio do livro já apostava quase tudo naquela personagem. No entanto a meu ver o encanto da escrita da Nora não é o mistério, é a história e os personagens, e a Deanna e o Finn são um casal muito engraçado, com uma história bastante interessante.

Partilhado por AnaD às 22:22

Julho 21 2009

 

 
Titulo - O Jardim Encantado (Garden Spells)
Autor - Sarah Addison Allen
Editora -  Quinta Essência
Sobre o Livro - Num jardim escondido por trás de uma tranquila casa na mais pequena das cidades, existe uma macieira e os rumores que circulam dão conta de que dá um tipo muito especial de fruto. Neste encantador romance, Sarah Addison Allen conta a história dessa árvore encantada e das extraordinárias pessoas que dela cuidam...
As mulheres da família Waverley são herdeiras de um legado mágico — o jardim familiar, famoso pela sua macieira, que produz frutos proféticos, e pelas suas flores comestíveis, imbuídas de poderes especiais que afectam quem quer que as coma. 
Proprietária de uma empresa de catering, Claire Waverley prepara pratos com as suas plantas místicas — desde as chagas que ajudam a guardar segredos até às bocas-de-lobo destinadas a desencorajar intenções amorosas. Entretanto, a sua idosa prima Evanelle é conhecida por distribuir presentes inesperados cuja utilidade se torna mais tarde misteriosamente clara. São elas os últimos membros da família Waverley — com excepção da rebelde irmã de Claire, Sydney, que fugiu da cidade há muitos anos.
Quando Sydney regressa subitamente a Bascom com uma filha pequena, a tranquila vida de Claire sofre uma reviravolta, bem como a fronteira protectora que erigiu tão cuidadosamente em redor do seu coração. Juntas uma vez mais na casa onde cresceram, Sydney reflecte sobre tudo o que deixou para trás ao mesmo tempo que Claire se esforça por sarar as feridas do passado. E em pouco tempo as irmãs apercebem-se de que têm de lidar com o seu legado comum para viverem as alegrias do futuro que se anuncia.
Encantador e pungente, este fascinante romance irá, seguramente, enfeitiçar o leitor.
Nota Pessoal - Ofereci este livro a uma amiga no Natal passado (acho que foi no Natal), uma amiga a quem empresto sempre os meus livros, por isso tento dar-lhe livros que eu não irei comprar... depois ela empresta-me e se eu não gostar paciência - eu sou muito mais esquisitinha que ela. Comecei a lê-lo e ainda presa ao preconceito o livro não avançava, sou pouco dada a livros com histórias mágicas a atirar para o esotérico. No entanto nestas férias resolvi que ia acabar o livro, e acabei por o ler em dois dias. É uma história deliciosa, cuja essência é a ligação entre duas irmãs tão diferentes, mas com tanto em comum. É um romance que nos aquece o coração e a personagem da Bay transpira ternura em cada palavra. A escrita de Sarah Addison Allen é bastante fluida e muito cativante, dá sempre vontade de ler mais um bocadinho.
Recomendo vivamente para quem acredita que há coisa que fogem ao nosso poder ... e aos que não acreditam também!

Junho 20 2009

 

Num registo algo diferente dos anteriores, o livro da Mónica do blog Mini-Saia, também já está no mercado.

Partilhado por AnaD às 19:17

Agosto 25 2008

Pela segunda vez ganhei um livrinho por participar (desta vez as 10 mais participativas) no fórum da editora Saída de Emergência para a autora Nora Roberts.

Estes livros que ganhei têm um sabor especial, são mais saborosos que aqueles que possa vir a ganhar nos passatempos, porque estes nada têm a ver com sorte e tudo a ver com reconhecimento.

Vou ao fórum porque gosto, porque está ali um grupo engraçado, essencialmente mulheres (mas sem parecer uma capoeira), partilhamos ideias e histórias, sugerimos livros e autores, e rimos, rimos muito e isso é bom.

Virtualmente se este blog é a minha casa, o Formula Zoom a casa de fim de semana, o forum NR é a livraria de bairro onde nos encontramos e respiramos livros e convivemos, mas é uma livraria à antiga onde os donos nos conhecem pelos nomes, onde sabem o que gostamos, onde somos recebidos de braços abertos. É bom lá ir todos os dias dar dois dedos de conversa, sobre livros mas sobre muito mais.

E por isso tudo: Obrigada!

Partilhado por AnaD às 23:00
Tags:

Agosto 19 2008

Partilhado por AnaD às 00:23
Tags:

Agosto 04 2008


Julho 25 2008

A Sugestão Literária está de volta, desaparecida desde Março de 2007 faz agora um regresso súbito, mas esperemos que desta vez permanente, ou pelo menos mais frequente! Esta semana a escolha recai sobre um livro com uma temática sensível, a adopção.

 

Titulo – A Filha da Minha Melhor Amiga
Autor – Dorothy Koomson

Editora -  Porto Editora

Sobre o Livro - A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.

Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusőes. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta... A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adopte a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relaçăo de uma noite com Nate.

Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração?

Nota Pessoal -  Andei meses, e quando digo meses foi se calhar mais de um ano, a pegar neste livro de cada vez que ia a uma livraria, mas acabava sempre por o deixar lá, até que certo dia decidi-me e comprei-o. Claro que depois passou pela provação da fila de espera esteve lá em casa à espera de ser lido várias semanas. No entanto assim que o comecei a ler fiquei logo absorvida pela história e li o livro num instantinho, a Tiga, a Ryn e o Luke encantaram-me, são personagens reais com o encanto da vida real, a força e a determinação que nos levam a ser corajosos quando tudo o resto nos impele a fugir. No fundo este livro ensina-nos que a maternidade está muito longe de ser biologia, e que as crianças são uma inspiração e uma fonte de aprendizagem.

Uma pequena curiosidade, só praticamente a meio do livro é que me apercebi que existia uma questão racial inerente a esta história, e não, não o percebi na capa do livro.


Julho 21 2008

... pois torna-se altamente viciante, e é o primeiro de uma saga de quatro, sendo que o quarto só irá sair nos States a 2 de Agosto, pelo que poderão sofrer de alguma ansiedade até ele chegar cá.

Partilhado por AnaD às 23:25
Tags:

Junho 21 2008

Ora a quem ainda tenham sobrado alguns trocados da ultima feira do livro, informo que está na Gare do Oriente em Lisboa, uma pequena feira do livro, com preços atrativos.

Partilhado por AnaD às 19:58
Tags:

Lisboa é a minha cidade, é quem sou e condiciona o que penso e o que sinto, por isso ao partilhar Lisboa, partilho angústias e alegrias, revoltas e compreensão ... no fundo é um local de partilha de sentimentos!
mais sobre mim
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29
30


pesquisar
 
Contómetro

2013 Reading Challenge

AnaD Domingos has read 0 books toward her goal of 24 books.
hide
comentários recentes
Bom diaAcordei bem disposto e também me apetece p ...
ahahah
http://muitaviagem.com.br/reveillon-2016-ano-novo-...
É nuito bonito voçes me fizeram mais feliz
Que aspecto delicioso! Adoro! Bjs bom fim de sema...
Olá Ana! Recebi o teu postal, através do PPC, ador...
Grande Webber, sem capacete! Vou ter saudades dest...
Pois, não foi ontem.Acho mesmo que será o melhor ...
Será já amanhã? Já tem a Pole...A ver vamos, boa s...
Li este post já tem um tempão, mas sinto o mesmo q...
Talvez depois do Seb ser campeão (como se fosse po...
blogs SAPO
RSS